AKA Patagonia, encontro com a paisagem
Chile

AKA Patagonia, encontro com a paisagem

Escrito por Rayssa Cunha | Atualizado em:
Avalie esta matéria

Puerto Natales, Chile
Gabriel Silva (Camino 1) Huerto 151, 6160000
+56938666684
À partir de $120,00*

O hotel AKA Patagonia, como o nome já diz, fica nessa região da América do Sul, de paisagem única, também conhecida como Terra do Fogo. Localizado na zona rural de Puerto Natales, uma cidade portuária chilena, o hotel encontra-se no topo de um vale e no final de uma encosta suave, permitindo uma vista panorâmica deslumbrante. No horizonte se vê muitas quebras naturais que emergem na paisagem como montanhas, vulcões, geleiras e lagos, além de um céu azulado sem fim.

Aka Patagonia, paisagem, hotel, ovelhas
Paisagem com ovelhas e hotel AKA Patagonia ao fundo | Foto Fernanda Del Villar.

A Patagônia é uma região que atrai muitos turistas por sua beleza selvagem e grandes escalas geográficas. É um dos destinos turísticos mais relevantes no Chile e no mundo. Foi esse ambiente singular que inspirou o arquiteto Pablo Larroulet, autor do projeto, que privilegia não só a relação do construído com o ambiente natural, mas também do homem com a paisagem.

AKA Patagonia, hotel, paisagem
Hotel AKA Patagonia em meio a um vale e montanhas ao fundo | Fotos Fernanda Del Villar.

O encontro entre os elementos naturais impacta à primeira vista, aquela ligação que existe entre água e geleira, pedra e montanha, árvore e terra, um contraste de materiais, formas e cores, entre sólido e líquido, entre a quebra da forma e a esplanada do vale.

PABLO LARROULET

Atravessado pelos conceitos de encontro e contraste, Larroulet propõe uma arquitetura que além de homenagear a paisagem, interage com ela, buscando adaptar-se ao ambiente. O objetivo é que o construído se torne, assim, parte da natureza. As fotos de Fernanda Del Villar, captam bem essa essência. O projeto é de 2019.

Assim como a paisagem, repleta de ângulos e montanhas, o AKA Patagonia emerge da terra como mais um relevo para se tornar parte da natureza. Para tanto, Larroulet opta pela madeira lenga, uma espécie nativa e típica da região e que suporta condições climáticas extremas. A lenga envolve todo o projeto desde as coberturas até os ambientes internos. Foi deixada sem tratamento intencionalmente, pois sua materialidade se transforma com o tempo. Portanto, o envelhecimento do material é um aspecto essencial no projeto, pois permite a fusão entre o edificado e a paisagem com o passar do tempo.

A arquitetura busca com o tempo se adaptar ao seu ambiente, sem competências ou pretensões, tornando-se parte dele.

PABLO LARROULET
AKA Patagonia, hotel, módulos de madeira lenga, passarela
Módulos destinados aos hóspedes | Foto Fernanda Del Villar.

Sete módulos de madeira lenga compõem o conjunto do projeto, sendo 6 deles pré-fabricados em um estaleiro pela construtora Braco. Cada módulo foi, então, transportado e montado no terreno sobre fundações de estacas, causando dessa forma menos impacto no meio ambiente.

AKA PAtagonia, hotel, módulos de madeira lenga, passarela, porta
Módulos menores com suas inclinações irregulares. | Foto Fernanda Del Villar

Os telhados das cabines de hóspedes, além de uma única inclinação, possuem diferentes angulações simulando a irregularidade das montanhas e vulcões, sobretudo quando vistas em sua totalidade. Já o módulo principal, dedicado ao uso comum e à cozinha, possui um telhado invertido e conecta-se com os outros elementos por uma passarela de madeira elevada.

AKA Patagonia, hotel, paisagem, faixada frontal
Frente do módulo principal | Foto Fernanda Del Villar.

Segundo Pablo Larroulet, os módulos foram estrategicamente posicionados para enquadrar as vistas dos diversos atrativos naturais e obter o máximo de luz natural durante o dia.

AKA Patagonia, hotel, módulos de madeira, janelas de vidro, deck madeira
Parte traseira dos módulos com acesso aos decks. | Foto Fernanda Del Villar.

Assim, enquanto a frente é toda fechada, a parte de trás é composta por grandes janelas e uma porta de vidro com acesso a um deck privado para experienciar o encontro com o lugar, com a paisagem. Dessa forma, seja dentro da cabine ou do lado de fora, se tem o efeito desejado por Larroulet ao pensar os espaços: vivenciar o fluxo contínuo da natureza com o ciclo do tempo.

O interior dos módulos é quase todo revestido com a madeira lenga com excessão de alguns detalhes em madeira mais escura que enquadram os janelões e formam a mesa de cabeceira.

AKA Patagonia, hotel interior, quarto, cama casal, luminária metálica, madeira lenga
Interior dos módulos | Foto Fernanda Del Villar.

O design do interior do AKA Patagonia, por sua simplicidade de elementos, direciona nosso olhar para os pequenos detalhes como as luminárias e o tecido sobre a cama, mas sobretudo para fora. Na área de uso comum, além da cozinha e grandes segmentos de janelas, há uma extensa mesa de jantar de madeira.

AKA Patagonia, módulo principal, madeira lenga, interior, mesa, janelas vidro
Mesa de jantar no interior do módulo principal | Foto Fernanda Del Villar.

O AKA Patagonia, além de estar isolado pela natureza, fica a 2 horas do Parque Nacional Torres del Paine e a apenas 3km do centro de Puerto Natales. Assim, é possível desfrutar da tranquilidade e do encanto de um cenário repleto de montanhas, vulcões, geleiras e lagos. Fazer caminhadas, trilhas e passeios de bicicleta. Bem como ter uma noite agradável e animada na cidade com suas várias lojinhas, bares e restaurantes.

AKA Patagonia, módulo principal, madeira lenga, interior, cadeiras
Interior do módulo principal de uso comum | Foto Fernanda Del Villar.

Acessibilidade

Toda unidade do hotel é totalmente acessível para cadeira de rodas. Para mais informações, clique aqui.

ATRAÇÕES

Veja abaixo algumas sugestões de passeios para você realizar em Puerto Natales e proximidades:

Puerto Natales: Caminhada de um dia na Base das Torres

Saindo de Puerto Natales, embarque em uma viagem avançada até a base das Torres Paine do Parque Nacional Paine, passando por uma floresta de lengas milenares e o belo lago Nordenskjöld.

Puerto Natales: Excursão de 1 Dia a Torres del Paine

Percorra as estradas panorâmicas do Parque Nacional Torres del Paine. Faça paradas fotográficas nos principais miradouros para apreciar a beleza imponente e a paisagem única. Caminhe por 1 hora ao longo de uma antiga floresta de lenga no lago Grey.


Para conhecer o hotel AKA Patagonia: visite a Passagens Promo, uma plataforma incrível que te ajuda a comparar preços de diferentes companhias aéreas encontrando as passagens que cabem no seu bolso e na data que você precisa.


LEIA MAIS

Tierra Patagônia

O hotel oferece o sistema all inclusive e te permite explorar as fazendas vizinhas e montanhas com guias bem treinados. O UMA Spa do hotel te dá uma oportunidade para relaxar e lentamente absorver a beleza da Patagônia.

And Beyond Vira Vira

Os hóspedes podem desfrutar de inúmeras atividades, como caminhadas guiadas pelos parques nacionais, cavalgadas nas cordilheiras; voos panorâmicos de helicóptero sobre o vulcão Villarrica, pesca, mountain bike, esportes aquáticos e no inverno esqui e snowboard.


Viagem tranquila é sinônimo de seguro viagem. Recomendamos pesquisar o seu pela plataforma Seguros Promo, Por lá você consegue encontrar a melhorar seguradora para seu bolso e destino.


REFERÊNCIAS

Site oficial AKA Patagonia
Arquiteto Pablo Larroulet
Fotografia Fernanda Del Villar
ArchDaily
Site oficial AKA Patagonia
Arquiteto Pablo Larroulet
Fotografia Fernanda Del Villar
ArchDaily
Arquiteto Pablo Larroulet
Fotografia Fernanda Del Villar
ArchDaily
Fotografia Fernanda Del Villar
ArchDaily
ArchDaily
Booking


Autora Sophia Calil Breymaier

Estudante de pedagogia e pesquisadora, Sophia adora se aventurar pelo mundo viajando, mas também através da leitura. Sempre em busca do conhecimento, do belo e de experiências estéticas enriquecedoras, procura compartilhá-las por meio da escrita.


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top