Loading...
Dicas para Usar: São Paulo

As Tintureiras, natural dye.

Este final de semana tive a oportunidade de conhecer “As Tintureiras” e participar de um wokshop sobre impressão botânica em têxteis na Escola de Botânica em São Paulo.

As Tintureiras, natural dye.
Espaço de cursos da Escola de Botânica. Flores, plantas e sementes para as estampas botânicas.

Foi muito interessante além de aprender as técnicas de impressão botânica, conhecer Drica e Maria as talentosas criadoras da marca, As Tintureiras.

As Tintureiras, natural dye.
Flores, plantas e sementes mergulhadas no mordente*, preparando para impressão.

De maneira elegante e criativa elas desenvolvem echarpes, lenços e almofadas de seda e fibras naturais com estampas botânicas e tingimentos únicos. sempre respeitando a natureza e a sustentabilidade.

As Tintureiras, natural dye.
Montagem do lenço distribuindo as flores, plantas e sementes.

As cores são lindas, e é realmente incrível a maneira como uma determinada, flor, folha ou fruto vai reagir, o resultado final é surprendente,   Como adquirí-los? Online, clique aqui.

Acreditamos que o modo de consumir precisa ser repensado, afinal cada vez mais o mundo pede por respeito à natureza e sustentabilidade nos processos. Por isso oferecemos produtos com design atemporal, valorizando sempre o trabalho manual.”

As Tintureiras.

As Tintureiras, também são mentoras do Projeto Renova. Este projeto é uma iniciativa criativa que embasa a responsabilidade das designers com a sustentabilidade e com o corte de desperdiço.

As Tintureiras, natural dye.
Lenço de seda feito por Patty Dijigov.

Se você tiver uma roupa que enjoou e ela seja composta de fibras naturais (seda, algodão, linho, cânhamo) elas darão cara nova à ela através dos tingimentos naturais.

As Tintureiras, natural dye.
Lenço de seda feito com pau-brasil, ferro e estampado com eucaliptos.
As Tintureiras, natural dye.
Echarpe foi tingida com pau-brasil e camomila

Basta enviar um e-mail para contato@astintureiras.com.br, e no assunto escrever Projeto Renova. O valor cobrado é baseado no peso do tecido e no produto utilizado para o tingimento.

As Tintureiras, natural dye.
Almofadas de linho feitas com casuarina e folhas de roseira.

Você pode escolher a cor que deseja, mas sempre lembrando que é impossível reproduzir de mandeira idêntica uma cor feita anteriormente e também que certas cores não existem no universo natural. Lembrando que será feito um tingimento natural não uma impressão botânica.

As Tintureiras, natural dye.
ADRIANA E MARIA FONTANA

As Tintureiras, idealizada por Adriana Fontana e Maria Fontana, é uma marca de São Paulo que tem como objetivo a valorização de produtos naturais e uma maior aproximação da natureza, e por isso oferece peças feitas exclusivamente com técnicas de impressão botânica e tingimento natural.

*Mordentes, substâncias que atuam como “ponte” entre o pigmento e o tecido. Serve como fixador e ajudam na durabilidade das cores.
Leia mais
Referências
Site As Tintureiras
Escola de Botânica

Claudia Vianna Birolini

O mercado da arquitetura, Clau conhece como a palma da mão (ou como a planta de um ambiente planejado) afinal, há 20 anos coordena a área de decoração do escritório do Roberto Migotto. Como mentora do Dona Arquiteta, trouxe toda sua experiência para tornar o site mais que uma fonte de conteúdo – e sim um material único, com a curadoria de quem já viu, desenhou, produziu e construiu de tudo na profissão.

Mais posts

Comentários(6)

  • Clarice Pimentel
    20 de julho de 2018, 09:30  Responder

    Tive o prazer de estar nesta ocicina, Adorei conhecer a Drica e a Maria, conteúdo excelente! A matéria e as fotos estão um luxo! Gente é o que é esse lenço de pau Brasil com eucalipto??? Maravilhas sou fã de vcs!

    • Clau Birolini
      20 de julho de 2018, 13:12

      Clarice, obrigadas! Agora vamos fazer um seu? Bjos

  • As Tintureiras
    20 de julho de 2018, 10:24  Responder

    Que delícia de matéria! Muito bom ver o que acreditamos ser divulgado por pessoas do bem. Poder compartilhar esse universo cheio de plantas com todos vocês é maravilhoso! Agradecemos o carinho e a presença de todos nas nossas oficinas.

    • Clau Birolini
      20 de julho de 2018, 13:13

      Obrigada à vocês por compartilhar algo tão lindo e sustentável! Bjos

  • Anônimo
    21 de julho de 2018, 07:54  Responder

    Encantada, parabéns pela reportagem e também por incentivar e mostrar que o novo sempre existe e existirá !!!! Só precisamos estar abertos p o aprendizado E respeito à natureza

    • Clau Birolini
      23 de julho de 2018, 09:54

      Que legal! obrigada!

Publique um Comentário