Loading...
Informar:

Estilo Escandinavo, conheça o ideal escandinavo de “lagom”

Nos países nórdicos o entorno contribui diretamente no design de interiores, devido a longos invernos o que significa dias curtos com pouca luz natural, normalmente pelas residências não são grandes, estas características acentuam a necessidade de lugares iluminados, arejados e aconchegantes. Daí surgiu o estilo escandinavo.

Flowers-kitchen-photos-Nina-Holst- estilo escandinavo, dona arquiteta
Via Stylizimo ,  foto Nina-Holst.
O que é o estilo escandinavo?
tv-stand-ideas-Denis-krasikov2, estilo escandinavo, dona arquiteta
Apartamento Praga – Denis Krasikov.

O estilo escandinavo é uma mistura de estilos da Suécia, Noruega, Dinamarca e Finlândia, o design resulta em espaços cheios de luz, utilizando fortemente elementos naturais, paletas de cores neutras e linhas limpas.

Após a edição de 1947 da Triennale di Milano, uma exposição de design popular em Milão, o estilo escandinavo se espalhou pelo mundo. Os mobiliários apresentados assim como os acessórios decorativos se transformaram em febre mundial após esta exibição.

Aproveitando esta nova popularidade, esta mostra do estilo escandinavo viajou através dos Estados Unidos e do Canadá de 1954 a 1957, o que ajudou a difundir ainda mais este estilo.

Embora a popularidade do design escandinavo diminuísse um pouco na década de 1980, voltou a ficar em alta na década seguinte, quando o estilo foi reinterpretado. Na década de 1990 os designers escandinavos trataram cada objeto que criavam como únicos e audaciosos.

Abaixo alguns os móveis escandinavos ilustram esse design de vanguarda.

O melhor exemplo é a onipresente cadeira Arne Jacobsen 7 que abriu caminho em milhões de salas de jantar, cozinhas e escritórios em todo o mundo. Surpreendentemente robusta dado suas linhas simples, mas delicadas, esta cadeira com apelo atemporal ocupa muito pouco espaço visual e é uma bênção para a vida compacta ou para espaços de trabalho.

1 – Cadeira 07, 1955 – Arne Jacobsen
2 – Tea Cart 901, 1936 – Alvar Aalto
3 – Peacock Chair, 1947 – Hans J. Wegner
4 – Easy chair, 1933 – Bruno Mathsson
5 – PH Artichoke, 1958 – Poul Henningsen
6 – Chieftain Chair, 1949 – Finn Juhl

Veja as características gerais que definem o estilo escandinavo
Minimalismo
Styling and photography by Riikka Kantinkosko for Finnish Design Shop., dona arquiteta, estilo escandinavo
Produção e fotografia Riikka Kantinkosko para Finnish Design Shop.

Quando o estilo escandinavo começou a ficar em voga, no resto da Europa, as pessoas buscavam opulência e sofisticação, enquanto isso, o estilo escandinavo seguia uma vertente distinta, primando pelo conforto, pela leveza, pela funcionalidade, sem perder a delicadeza e o charme.

É inegável que este estilo de linhas limpas,  exala elegância, sofisticação, mas não compromete o conforto.

Minimalismo-Photos-by-Inger-Marie-Grini-for-Haptic-Architects- estilo escandinavo, dona arquiteta
Banheiro projetado por Haptic Arquitetos , foto Inger Marie Grini.
house-in-hoganas_best-home-designs-005-Scandinavian-homes, estilo escandinavo, dona arquiteta
Casa em Höganäs , Suecia – projetada por Scandinavian homes.
iluminação
LUZ-Norm_Architects_Copenhagen_Townhouse_09, dona arquiteta, estilo escandinavo
Cobertura Copenhagen – Norm Architects

Para afastar a melancolia do longo inverno, o cuidado com a iluminação é primordial. A luz natural é amplificada por qualquer meio necessário. As janelas são grandes, espelhos são colocados estrategicamente para expandir os espaços e refletir qualquer luz ambiente disponível. A paleta de cores dominante é geralmente um tom neutro refletor de luz.

estilo escandinavo - luminária Aj, louis poulsen - Matas Maciulis, dona arquiteta,
Luminária AJ de Louis Poulsen – projeto Matas Maciulis.

As luminárias mais usadas são simples, algumas até remetem ao estilo industrial. As velas são amplamente utilizadas, dando suavidade à decoração.

Flame_2_Colors-Med_res_Photo-Kristofer_Johnsson-Northern-Lighting-FLAME-designed-by-Gridy.
Flame, porta vela em cobre ou latão, projetado por Gridy para Northern Lighting,  foto Kristofer Johnsson.
Cores neutras
Design-and-photography-by-Holly-Marder-of-Avenue-Lifestyle, estilo escandinavo, dona arquiteta
Projeto e foto Holly Marder do Avenue Lifestyle

O branco é uma das principais cores usadas, pois dá a sensação de ambientes mais amplos e iluminados, sem deixar de ter aconchego uma vez que será usado com mais algum elemento como a madeira, por exemplo, que trará calor e textura.

Norm-Matcha-Bar-04, estilo escandinavo, dona arquiteta
Matcha Bar – Norm Architects

Embora as cores utilizadas sejam tipicamente neutras não significa que seja um estilo desprovido de vitalidade. Os detalhes com cores sejam em objetos, tapetes, almofadas, arte, alguma peça de mobiliário injetam aos espaços vida e caráter, dando até uma dramaticidade aos ambientes.

Apartamento Praga – Denis Krasikov.
estilo escandinavo, dona arquiteta, arcstudio
Sala de estar por Arc Studio

Os tons de cinza também são muito usados assim como alguns detalhes de preto.

planta-Link-Love-living-site-bloesemdesign, estilo escandinavo, dona arquiteta
house-in-hoganas_best-home-designs-005-Scandinavian-homes, estilo escandinavo, dona arquiteta
Casa em Höganäs , Suecia – prjetada por Scandinavian homes.
Elementos naturais
Cabana de verão, Time of Aquarius por Minna Jones

Amantes do ar livre, os escandinavos celebram a natureza, mesmo quando dentro de suas casas. É por isso que a madeira natural é uma característica predominante do estilo escandinavo.
Madeira é a escolha preferida de piso. Pinho, Faia e Ash as favoritas.

Designed-by-Clare-Cousins-Architects.-Photography-by-Lisbeth-Grosmann, dona arquiteta, estilo escandinavo
Projeto de Clare Cousins Arquitetos, foto de Lisbeth Grosmann.

Plantas também são muito usadas na decoração trazendo a natureza pra dentro de casa.

cABANA DE VERÃO POR time of aquarius, estilo escandinavo greenery - dona arquiteta
Cabana de verão, Time of Aquarius por Minna Jones
PLANTA-Maksym-Samun, estilo escandinavo, dona arquiteta
Scandinavian Gray por Maksym Samun
Tecidos
Arm knitted blankets by Ohhio. Photography by Andrey Bezuglov., dona arquiteta, estilo escandinavo
Manta de tricot da Ohhio. Foto de Andrey Bezuglov.

Os tecidos naturais como o algodão, o linho, a lã são preferidos sobre os sintéticos. Eles são usados com moderação, mas tem o objetivo de causar um impacto. Sendo usado nas cortinas das janelas, nos tapetes delimitando a sala, nas almofadas com alguma cor ou estampa tipo Chevron, etc.

Photos-via-H&M-Photo-Pia-Ulin- estilo escandinavo, dona arquiteta
Via H&M – Foto Pia Ulin

Todos estes princípios de design trabalham juntos para alcançar o ideal escandinavo de “lagom”, uma palavra sueca que significa apenas a quantidade certa – nem pouco, nem muito. Eles criam espaços que são simples, organizados, eficientes, mas acima de tudo acolhedores.

Referências

Claudia Vianna Birolini

O mercado da arquitetura, Clau conhece como a palma da mão (ou como a planta de um ambiente planejado) afinal, há 20 anos coordena a área de decoração do escritório do Roberto Migotto. Como mentora do Dona Arquiteta, trouxe toda sua experiência para tornar o site mais que uma fonte de conteúdo – e sim um material único, com a curadoria de quem já viu, desenhou, produziu e construiu de tudo na profissão.

Mais posts

Comentários(0)

Publique um Comentário