Paradero Todos Santos: Viva o Deserto em sua Plenitude
México

Paradero Todos Santos: Viva o Deserto em sua Plenitude

Escrito por Rayssa Cunha | Atualizado em:
Avalie esta matéria

Paradero Todos Santos
Endereço: La Mesa — Carretera Todos Santos — Cabo San Lucas – México.
Preço: a partir de US$ 550,00*
Reserve sua hospedagem com desconto aqui.

Conhecido por suas paisagens repletas de desertos, praias virgens, cactos de toda sorte e horizontes a perder de vista, o magnífico cenário de Todos Santos tem sido um destino cada vez mais procurado por viajantes de todo o mundo. Localizada na costa sudoeste do México – na Península de Baja – e nomeada reserva da Biosfera pela UNESCO por sua biodiversidade, a cidade tem no recém-inaugurado Hotel Paradero Todos Santos um de seus grandes atrativos.

Paradero, Todos, Santos, Fachada, Foto, 1
Foto: Yoshi Koitani

Lançado no ano de 2021, o projeto leva a assinatura dos arquitetos Rubén Valdez e Yashar Yektajo.

Trata-se do primeiro de um conjunto de resorts “Paradero” concebido por Pablo Carmona e Joshua Kremer, empreendedores da Cidade do México. A marca de “soft adventure” terá como diferencial o foco em proporcionar aos visitantes experiências ao ar livre. À medida que são protegidas e contempladas as comunidades locais.

Com 2,2 hectares de extensão e a apenas 20 minutos de carro da praia, o hotel Paradero Todos Santos foi erguido sobre um terreno plano. Cercado pelas montanhas da Sierra de la Laguna, está em meio a 65 hectares de fazendas com agricultura familiar.

Paradero, Todos, Santos, Agricultura, Familiar, Foto, 2
Foto: Rafael Gamo

O deserto é um bioma notadamente dinâmico e versátil. Tem no ar em movimento o seu principal construtor. Estações climáticas e ciclos o esculpem e reesculpem, transformando seus relevos continuamente.

Nesse sentido, o protagonismo da natureza é o ponto alto do empreendimento. Toda a propriedade foi configurada de modo a oferecer ao hóspede uma verdadeira imersão no lugar. Ou seja, o objetivo foi fazer com que o hotel se fundisse com o entorno numa simbiose fluída, de fronteiras quase indetectáveis.

Desse modo, com inspiração nesses ventos, buscou-se enfatizar o movimento do ambiente. Yektajo e Valdez abdicaram das linhas duras, como se cada contorno do projeto fosse moldado por ventanias ao invés de caneta e papel.

Consequentemente, todos os espaços foram organizados com cuidado para que os limites entre o Paradero Todos Santos e o ambiente fossem, portanto, desfocados.

Paradero, Todos, Santos, Lounge, Exterior, Foto, 3
Foto: Yoshi Koitani

O terreno, que possui a forma de trapézio, possibilita a cada uma das 35 suítes – de 70 a 250 metros quadrados – uma vista de tirar o fôlego! Posicionado ao redor de um jardim central está o bloco dos aposentos. Ele é formado por estruturas de concreto de tonalidade arenosa. Elas se mesclam perfeitamente ao panorama árido. Suas paredes dão para fora e desenham corredores e escadarias.

Viaje conectado - Chips recomendados para internet livre na Europa

Aliás, achei bastante interessante a reverência à ancestralidade local presente nas aberturas nas fachadas em forma de triângulos. São símbolos sagrados da cultura maia! Entre as opções de acomodação, vale o destaque para uma suíte especial de três andares, realmente destinada a uma vivência de luxo.

Sob a mesma ideia de mergulho na paisagem, algumas das habitações dispõem de terraços no telhado com redes chamadas “redes estelares”. Com certeza um convite incrível à observação do céu noturno!

Paradero, Todos, Santos, Crepúsculo, Foto, 4
Foto: Yoshi Koitani

Os espaços internos são assinados pelos designers da B-Huber (um estúdio de Guadalajara). Igualmente, trazem uma paleta terrosa e crua, de tons e materiais monocromáticos, como concreto bege, metal e madeira, dando a última palavra em cada detalhe.

Paradero, Todos, Santos, Quarto, Foto, 5
Foto: cortesia do hotel

As paredes e pisos rústicos se harmonizam com móveis modernos feitos de cedro branco, por exemplo. Grande parte da decoração foi feita por artesãos mexicanos e cada móvel escolhido passou por uma disputada seleção. Mais de dez fornecedores foram avaliados.

Paradero, Todos, Santos, Cama, Foto, 6
Foto: cortesia do hotel

Homenageando o panorama sublime que o rodeia, o hotel torna protagonista um jardim botânico. Ele mede mais de nove mil metros quadrados! Os paisagistas da Polen Paisaje adotaram abundantemente a vegetação nativa, que com suas cores, aromas e texturas salta aos olhos.

Inspirados pelas muitas viagens que fizeram ao deserto da Baja Califórnia, os projetistas optaram por espécies endêmicas, tais como a Mojave Yucca e a Verbena de Areia Vermelha.

Mais de 30% da flora foi cultivada a partir de sementes em sua estufa própria. O restante, por sua vez, foi adquirido a partir de produtores locais. Essa vegetação é endêmica, ou seja, se conserva naturalmente, com pouquíssima necessidade de manutenção.

Paradero, Todos, Santos, Jardim, Foto, 7
Foto: Yoshi Koitani

O resort dispõe de diversas áreas comuns, incluindo uma piscina de borda infinita de 39 metros de comprimento, um hub multiuso, um terraço lounge com vista ampla, dentre outros.

Paradero Todos Santos

Destaca-se o restaurante do hotel, que utiliza ingredientes típicos da região, vindos das fazendas vizinhas. Eles são celebrados junto a peixes e frutos do mar do Oceano Pacífico e do Mar de Cortez.

Paradero, Todos, Santos, Restaurante, Foto, 8
Foto: Yoshi Koitani

O bem-estar no Paradero Todos Santos é essencial. Entre as inúmeras atividades oferecidas, é possível surfar, realizar caminhadas, passear de bicicleta e fazer yoga no terraço. Você pode ainda relaxar deliciosamente no spa Ojo de Água, protegido pela sombra de 100 palmeiras — onde antigas tradições curativas mexicanas são homenageadas.

Que tal um passeio com um guia só para você? Confira passeios incríveis a poucos cliques:

Paradero, Todos, Santos, Ofuro, Foto, 9
Foto: cortesia do hotel

Ainda para presentar os sentidos, foi criado um fluxo de água que percorre todo o perímetro, trazendo um prazer auditivo. Além disso, os caminhos foram preenchidos com as areias mais macias da área, a fim de incentivar o passeio a pé e sem calçados pelo hotel.

Por fim, no Paradero Todos Santos os visitantes têm a oportunidade única de imergir em uma experiência fabulosa no deserto. Seus hóspedes podem absorvê-lo em suas formas mais reais!

Paradero Todos Santos

Leia mais:

referências

*Atenção: Preços tomam como base a data de redação deste conteúdo. Podem sofrer alterações a qualquer momento e sem aviso prévio.


Autora Lilian Ferreira

Lilian Ferreira é formada em Letras pela USP. É redatora, tradutora, locutora e musicista. Literatura, história, arte e cultura são seus interesses de predileção, estampados com entusiasmo em seus textos.


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top