Loading...
Dicas para Passear: Paris
Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault

Bourse de Commerce: o mais novo museu da coleção Pinault

Rue de Viarmes n.º 2, Paris, França.
Telefone: +33 1 55 04 60 60
A partir de U$ 17,07 (valor da entrada para adulto)*

No coração de Paris, um grande colecionador de arte abre seu novo museu. Com peças de todos os cantos do mundo e uma arquitetura única, alcança uma sacra posição de ponte entre a herança cultural francesa e a arte contemporânea. | Fotografia de capa por Marc Domage

Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
Lateral do museu, por onde é possível ver a cúpula centenária do edifício | Fotografia por Studio Bouroullec

O Bource de Commerce é um museu recentemente fundado no centro de Paris, bem próximo ao já conhecido Museu do Louvre. Foi lançado pelo bilionário François Pinault.

Pinault é presidente honorário da Kering, grande grupo de investimentos que é dono das marcas de moda Gucci, Saint Laurent, Alexander McQueen e da marca de relógios de luxo Girard-Perregaux.

Receba nossos posts em seu e-mail



    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    Entrada principal do Bourse de Commerce | Fotografia por Studio Bouroullec

    Conhecido como grande mecenas, Pinault costuma manter contato direto com os artistas e adquirir coleções inteiras. A ambição de apresentar suas coleções ao público não começou no Bourse de Commerce. Na realidade, esse já é o seu terceiro museu.

    Escultura Bisnaga de Tinta 02
    Escultura Bisnaga de Tinta 02 boobam
    R$3.045,00
    Dragonfly Rubber Stamp paper source
    $6,50
    Carro Bar Jorge boobam
    R$4.390,00

    Antes desse, fundou outros dois na Itália: os vianenses Palazzo Grassi e Punta Della Dogana.

    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    Le Palazzo Grassi, em Veneza, o primeiro dos museus da Coleção Pinault | Fotografia de Jean-Pierre Dalbéra
    A ORIGEM DO BOURSE DE COMMERCE

     

    O museu foi instalado no prédio que já abrigou a instituição homônima, a Bourse de Commerce de Paris, e foi totalmente reformado pela equipe convocada pelo próprio François Pinault.

    O projeto foi conduzido pelo arquiteto japonês Tadao Ando, Lucie Niney e Thibaut Marca da agência NeM, além de Pierre-Antoine Gatier. A equipe revitalizou o espaço, criando diálogo original entre a herança do prédio e sua nova função: apresentar o que há de mais impactante na arte contemporânea.

    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    Lateral da Rotunda, no interior do museu | fotografia de Maxime Tétard, do Studio Les Graphiquants

    O prédio tem história. Foi construído originalmente no século XVI como residência da Catarina de Médici. No século XVII foi centro de um movimentado mercado de grãos, deixando como herança seu grande pátio circular que foi — em 1812 — coberto por uma cúpula de metal e vidro.

    Por fim, antes de se tornar o museu de Pinault, o prédio já havia sido reformado em 1989 para funcionar como bolsa de valores parisiense. Daí vem seu nome: Bourse de Commerce.

    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    O edifício onde está instalado o museu tem uma arquitetura histórica e majestosa | Fotografia de Vladimir Partalo
    ARQUITETURA E DESIGN

    Para abrigar uma coleção deste nível, Tadao Ando teve o grande desafio de empreender um projeto nada ordinário. O projeto envolveu a construção de um grande cilindro de concreto com 29 metros de diâmetro e 9 metros de altura sobre o antiquíssimo pátio circular.

    As galerias e espaços de exposição cercam e se constroem ao redor do cilindro através de seus cinco níveis. O arquiteto, que também desenvolveu o projeto para o museu anterior em Veneza, reforça que houve uma diferente intenção com o Bourse de Commerce.

    Onde o projeto em Veneza partia claramente de um volume geométrico cercado pelo que poderia ser descrito como uma floresta de “árvores” de tijolos, em Paris eu queria criar uma composição de círculos concêntricos para iniciar um diálogo delicado, mas intenso entre o antigo e o novo.

    Tadao Ando, arquiteto do projeto.
    A Rotunda, formado pelo cilindro de concreto, é a estrutura principal utilizada pelo museu | Fotografias de Patrick Tourneboeuf

    No segundo andar é possível caminhar ao redor do cilindro através de uma escada. A subida permite uma nova perspectiva sobre a cúpula de vidro e o mural de pinturas na base do domo. O mural, pintado por cinco artistas em 1889, retrata a passagem do comércio francês através dos continentes.

    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    Interior da cúpula e sua histórica pintura | Fotografia de Patrick Tourneboeuf

    O mobiliário foi escolhido pelos designers Ronan e Erwan Bourallec que também foram responsáveis pelo Design do pátio externo. Este, que leva na mesma direção do Museu Louvre, foi um desafio em especial para os dois. Em relação ao interior do museu, os dois optaram por não romper com a identidade natural do prédio.

    A nova Bourse de Commerce é um jogo de contrastes, de trocas entre épocas, entre as coisas mais claramente situadas, ancoradas no tempo — como as molduras, decorações, calçadas e carpintarias do século XIX — e os elementos mais atemporais e abstratos — como pedra, concreto, vidro, luz e o círculo. Era importante não vir “decorar” estes espaços, o que impediria esta união de contrastes, mas acompanhá-lo

    Ronan e Erwan Bouroullec.
    Imagens do interior do museu e alguns dos móveis | Fotografias por Studio Bouroullec
    O MUSEU BOURSE DE COMMERCE E SUA COLEÇÃO

    A coleção de Pinault, reservada apenas para o Bourse de Commerce, impressiona. São 10.000 criações desenvolvidas por cerca de 380 artista. As peças percorrem todos os formatos: pinturas, esculturas, filmes, fotografias, áudios, instalações e apresentações.

    Os artistas, cujas peças foram selecionadas por François Pinault, chegam de todos os cantos do mundo. São de todas as áreas de criação, com peças que chamaram a atenção de Pinault enquanto representações de movimentos emergentes.

    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    “The Ground”, composição de 12 instrumentos, desenvolvida pelo artista Tarek Atoui | Fotografia por Aurélien Mole

    É importante destacar que o Bource de Commerce é o primeiro museu parisiense dedicado exclusivamente a expor uma coleção particular de arte contemporânea.

    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    Imagem do andar inferior | Fotografia de Patrick Tourneboeuf

    O museu compreende dez galerias de exposição, assim como a recepção e espaços para contemplação das peças. Com arquitetura planejada, o museu permite que estas exibições possam ser apresentadas de maneira modular ou unidas em uma grande sequência.

    Entre os espaços, há um auditório com 284 assentos que recebe palestras, debates, apresentações e concertos. Na base do museu, está instalado um estúdio para exibição de peças audiovisuais. Ao redor do auditório, um salão de teatro está preparado para a apresentação de espetáculos.

    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    Local de exibição de peças e espetáculos do meuseu | Fotografia de Patrick Tourneboeuf

    Halle Aux Grain, o restaurante-café, é um ambiente confortável e está no terceiro andar do museu. Michel e Sébastian Bras, ambos da região de Aveyron, estão à frente da cozinha. O local também foi decorado por Ronan e Erwan Bourallec, ao lado dos profissionais da agência NeM.

    Imagens do restaurante do museu | Fotografias de Laurent Dupont
    CONHEÇA UM POUCO DAS PEÇAS DE ARTE EXPOSTAS NO MUSEU BOURSE DE COMMERCE

     

    Conforme citado no começo deste artigo, a quantia de peças presente na coleção de Pinault é enorme — mesmo para a seleção feita especialmente à Bourse de Commerce.

    Registro aqui apenas algumas daquelas que fazem parte da exposição inaugural do museu, chamado de Ouverture (“abertura” em francês).

    A primeira é uma instalação elaborada pelo artista suíço Urs Fisher, formada por nove elementos. No centro, a grande escultura é uma réplica em tamanho real da famosa escultura “Rapto das Sabinas” (a original tem mais de quatro metros de altura). Está em completa harmonia com a iconografia presente no domo do Bource de Commerce.

    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    Réplica em tamanho real de “Rapto das Sabinas”, de Urs Fisher, com a pintura da cúpula em perspectiva | Fotografia de Stefan Altenburger

    Abaixo, imagens das peças desenvolvidas pelo artista afro-americano David Hammons. Sua contribuição à coleção de Pinault é inédita para o círculo artístico europeu.

    Apesar de já ter feito exposições na Europa, nenhuma delas recebeu a mesma relevância. Isto se deve a uma opção do próprio artista, como forma de manifesto contra a sociedade artística e suas instituições.

    A coleção, formada por 30 de seus principais trabalhos, compreende peças que datam do final da década de 60 e começo da década de 70 até 2017.

    Algumas das instalações e peças desenvolvidas por David Hammons | Fotografia de Aurélien Mole
    UM LOCAL PARA CONTEMPLAR ARTE CONTEMPORÂNEA

     

    O museu Bourse de Commerce da Coleção Pinault é, através de sua estrutura única, uma obra em exposição contínua.

    Concebido para ser uma ponte acessível entre os diversos públicos e a arte contemporânea. No Bourse de Commerce, o visitante pode ver a arte, o criador e seu processo criativo num único lugar.

    Bourse de Commerce: o mais novo e impressionante museu da coleção Pinault
    Fotografia de Marc Domage

    Está na cidade luz e quer garantir que sua visita seja inesquecível? Conheça nossas dicas de roteiro em Paris.

    Referências:
    *os valores tomam como referência a data da redação deste artigo. Tais valores podem mudar a qualquer momento e sem aviso prévio.
    Site oficial do hotel
    Olympe Architecture
    Domodeco
    The Extravagant
    Nota: Faço um agradecimento especial à Tahani Marie, da Claudine Colin, pela atenção e fornecimento de materiais cruciais ao artigo.
    Escultura Bisnaga de Tinta 02
    Escultura Bisnaga de Tinta 02 boobam
    R$3.045,00
    Dragonfly Rubber Stamp paper source
    $6,50
    Carro Bar Jorge boobam
    R$4.390,00
    Fernando França

    Fernando França

    Formado em Gestão Empresarial, apaixonado por Design, escritor por vocação. Fernando tem mais de 7 anos de experiência gerenciando e desenvolvendo negócios na área de Gastronomia. Eterno pesquisador de tendências, devora informações sobre projetos que unem estética, função, empatia e sustentabilidade. Veio ao projeto Dona Arquiteta para contribuir com o que pode haver de melhor sobre o assunto.

    Mais posts

    Comentários(0)

    Publique um Comentário