Japan House: um centro cultural japonês em São Paulo
São Paulo

Japan House: um centro cultural japonês em São Paulo

Escrito por Rayssa Cunha | Publicado em:
Avalie esta matéria

Vale a pena conhecer a Japan House? Com certeza! Vem descobrir os motivos!

Este blogpost foi escrito inteiramente por humanos e não foi patrocinado. Apesar disso, se você comprar através de nossos links, nós ganhamos uma comissão. Assim você ajuda a manter o Dona Arquiteta no ar! Boa leitura.

Endereço: Avenida Paulista, nº 52 — Bela Vista — São Paulo — Brasil
Horários: de terça à domingo, das 10h às 18h

Você é um apreciador da cultura japonesa? Tem curiosidade para saber mais sobre as tradições nipônicas? A Japan House com certeza é o lugar ideal.

Localizada em São Paulo, a Japan House é um centro cultural que possui restaurante, cafeteria, biblioteca e uma loja com produtos típicos. Além disso, realiza exposições temporárias que sempre atraem muitos visitantes.

O principal material utilizado no interior da Japan House é a malha metálica ao estilo washi
A Japan House comemora o Japão sob diversas perspectivas, promovendo uma variedade de eventos e exposições gratuitos| Foto: Rogério Cassimiro

Inaugurada em 5 de maio de 2017, a Japan House São Paulo foi criada com um intuito muito interessante: fazer com que a cultura japonesa seja promovida mundialmente. Quer saber uma coisa muito interessante sobre esse projeto? A iniciativa partiu do governo japonês no Brasil e foi encabeçado pelo Ministério das Relações Exteriores

A Japan House é um projeto que não fica restrito apenas ao Brasil, Los Angeles e Londres também receberam a Japan, porém São Paulo foi a primeira casa do centro cultural. Se você está se perguntando o porquê de São Paulo ter sido escolhido para abrigar a Japan House, a resposta é simples: SP possui uma das maiores populações japonesas fora do Japão.

PUBLICIDADE Japan House FIM DA PUBLICIDADE

O que encontrar na Japan House

Bom, a Japan House é como se fosse um museu que traz toda a perspectiva japonesa contemporânea para seus visitantes, através da cultura e tecnologia. No centro cultural você pode encontrar eventos culturais, palestras, seminários e principalmente, muitas exposições

Uma curiosidade muito interessante da Japan House é que eles promovem um intercâmbio cultural, trazendo diversas personalidades japonesas para o centro cultural, realizando encontros e workshops.

Está gostando do assunto? Então aposto que vai amar mais conteúdos sobre o Japão:

PUBLICIDADE vai-de-promo FIM DA PUBLICIDADE

A arquitetura na Japan House

A Japan House São Paulo é o local ideal para aqueles que desejam se aprofundar na cultura japonesa
Além da Japan House trazer mais da cultuta nipônica para o Brasil, ela também é um incrível ponto turístico para os moradores de São Paulo e seus visitantes | Foto: Tatewaki NIO

O projeto arquitetônico na Japan House foi realizado pelo arquiteto Kengo Kuma, junto com o escritório de arquitetura FGMG Arquitetos.

O arquiteta Kengo Kuma é um dos principais arquitetos quando se pensa em arquitetura japonesa, ele já fez outros projetos voltados para a cultura e arquitetura nipônica, como: Estádio Nacional do Japão, Museu-ponte de madeira de Yusuhara, entre outros.

O edifício que hoje abriga a Japan House anteriormente funcionava como uma agência bancária. A arquitetura da Japan House destaca-se por seu design orgânico, utilizando materiais como madeira e bambu.

A Japan House está distribuída em três andares e dispõe das seguintes instalações: recepção, pátio externo, salão multiuso, café, lojas, salas para os seminários e workshops, terraço, restaurante e galeria.

PUBLICIDADE Japan House FIM DA PUBLICIDADE

Fachada da Japan House

A fachada do centro cultural com certeza é algo que merece uma atenção especial. Ela possui exatos trinta e seis metros de largura e onze metros de altura, que foram montados e desmontados no Japão para que todos os encaixes fossem feitos de uma forma perfeita. Além disso, a fachada foi construída com mais de cinco toneladas de madeira Hinoki, um tipo de pinheiro que é encontrado no Japão, surpreendente, não?!

A inspiração para a fachada do Japan House veio de Kuma, após visitar o Pavilhão Japonês, em Ibirapuera, que também utilizava a madeira Hinoki. A Hinoki é um material muito usado em templos sagrados, móveis, esculturas e fabricação de navios

Exposições na Japan House

Sutorīto Fashion: moda das ruas

A exposição Sutorīto Fashion: moda das ruas chegou na Japan House no dia 25 de junho de 2024 e ficará disponível para visitação do público até o dia 20 de outubro de 2024. A exposição traz as tendências de moda da década de 50 até os dias atuais. O foco dessas tendências está na moda de rua que ocorre no Japão. 

A exposição conta com a coordenação de uma pessoa muito importante, o diretor de moda Souta Yamaguchi. A coletânea das fotos que foram usadas na exposição tem como objetivo mostrar as inúmeras mudanças da moda de rua no Japão desde os anos 1950 até os anos 2020. Ela explora diversas influências internacionais, como tendências de moda, cinema e música, além de abordar a contracultura japonesa que emergiu em resposta às transformações culturais, sociais, políticas e econômicas de cada período.

PUBLICIDADEJapan HouseFIM DA PUBLICIDADE

Efeito Japão: moda em 15 atos

Outra exposição disponível na Japan House é o Efeito Japão: moda em 15 atos, que busca mostrar aos seus visitantes o impacto e as influências que a moda japonesa tem no cenário global

Com 15 trajes de renomados estilistas japoneses, a exposição revela o poder do design japonês, que incorpora possui influências internacionais. Essa exposição também foi coordenada por Souta Yamaguchi. Quer saber uma curiosidade sobre Souta? Ele foi o responsável pelo design das roupas utilizadas na cerimônia de medalhas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tokyo 2020.

PUBLICIDADE Seguros Promo FIM DA PUBLICIDADE

Restaurante AIZOMÊ

O Restaurante AIZOMÊ, na Japan House, tem como chef Telma Shiraishi e possui a mesma proposta do centro cultural, mostrar a diversidade que existe no Japão, incluindo na cena gastronômica.

O cardápio de AIZOMÊ possui muitas características da chef Shiraishi, com a combinação entre receitas quentes e frias. Uma informação importante: grande parte dos produtos vêm do campo e do mar, então se você possui alergia a frutos do mar, precisa tomar cuidado com as escolhas do menu.

Todos os ingredientes passam por um vasto trabalho de pesquisa, procurando produtores que tenham como foco as qualidades dos produtos.

Você gostou do nosso conteúdo de hoje?

Constantemente temos publicados informações interessantes sobre design e passeios.

São centenas de destinos e dicas para quem tem paixão tanto para conhecer o mundo, quanto para conhecer os melhores designs. Você pode conferir todos os nossos conteúdos aqui no Blog e acompanhar as novidades pelas nossas redes sociais: Instagram | Twitter | Facebook

PUBLICIDADE Japan House FIM DA PUBLICIDADE

Conheça alguns dos nossos conteúdos.

referências

*Atenção: Preços tomam como base a data de redação deste conteúdo. Podem sofrer alterações a qualquer momento e sem aviso.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top