Arquitetura americana: um guia pelas cidades dos EUA
Estados Unidos

Arquitetura americana: um guia pelas cidades dos EUA

Escrito por Fernando França | Atualizado em:
5/5 - (1 vote)

É comum — considerando o enorme poder bélico, político e econômico americano — que nós imaginemos este enorme país através de suas marcas, obras de entretenimento e ícones da tecnologia moderna (como o vale do silício).

Quem vai mais a fundo logo percebe que nada disso veio da noite para o dia. E passam a identificar como os EUA possuem uma longa história que ultrapassou inúmeras fases econômicas, desafios e turbulências sociais.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

E cada um desses componentes deixou sua pegada no design e arquitetura.

Ao embarcarmos em uma jornada pelas inúmeras cidades dos Estados Unidos, não apenas viajamos através de espaços geográficos, mas também mergulhamos em capítulos vivos da história do mundo.

A arquitetura e o design americanos, com sua diversidade e inovação, contam histórias de aspirações, desafios e triunfos que refletem não só a identidade americana, mas também influências globais que moldaram e foram moldadas por este país. Entender a arquitetura e o design das cidades americanas é, portanto, uma forma de compreender aspectos fundamentais da história mundial.

Desde os arranha-céus que perfuram o céu de Nova York, símbolos de modernidade e ambição, até a serenidade contemplativa dos espaços projetados de Chicago, cada cidade americana oferece uma perspectiva única sobre como o ambiente construído pode influenciar e ser influenciado pela cultura, tecnologia e sociedade.

Através deste guia de viagem, convidamos você a explorar a riqueza da arquitetura e do design e arquitetura dos EUA.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Boston | Massachusetts

Centro histórico de Boston ao entardecer. Cidade com exemplares icônicos da arquitetura americana e um dos principais destinos de viagem nos EUA
Centro e mercado histórico de Boston | Foto: Sean Pavone (reprodução)

Boston é uma cidade que costuma figurar entre as mais visitadas dos EUA, mas mantém certo ar de aconchego. Talvez seja pelo tipo mais comum na cidade: entre Boston e a vizinha Cambridge são cinquenta universidades movimentando mais de 250 mil estudantes de todas as partes do globo.

Pode-se dizer que Boston é uma cidade universitária, mas ela vai muito além disso. Concentrar um número tão grande de universidades — algumas icônicas como a própria Boston University, o MIT e Harvard — gera uma demanda e oferta constante de inovação.

Um concentrado número de mentes dedicadas ao direito, economia e biotecnologia mantém a cidade dinâmica. E já é assim ao longo de seus 400 anos de história que, a cada renovação, trouxe novos estilos às artes e engenharias urbanas.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

As pessoas interessadas em conhecer arquitetura americana ficarão satisfeitas, pois Boston é uma cidade com exemplares incríveis (e distintos) de edifícios.

Ela é feita para conhecer com toda a vontade de seus pés. Principalmente se você ama passeios culturais, recomendamos ao menos 3 dias (e será pouco). Não deixe de visitar a Freedom Trail. É uma viagem por estilos: gótico, estilo vitoriano, barroco ibérico e até Art Déco.

Pelo trajeto, fácil de reconhecer pelos edifícios com fachadas de tijolos, você encontra vários prédios comerciais construídos ao longo dos séculos XVIII e XIV — em especial em Ladder Blocks, onde fica a icônica livraria Brattle Book Shop (uma das mais antigas em solo americano).

O que fazer em Boston

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Onde ficar em Boston

De todas as hospedagens de Boston, uma das mais conhecidas é o Liberty. O hotel boutique está instalado em um antigo presídio (o Charles Street) projetado pelo arquiteto Gridley Bryant. Com decoração contemporânea bem americana, ele fica perto de um dos lugares mais belos para caminhar na cidade: a Charles River Esplanade.

Outro badalado hotel de Boston com design sofisticado e posição privilegiada é o hotel Newbury, em frente ao Boston Public Garden. As paredes são verdadeiras exposições com retratos de personagens icônicos como Ernest Hemingway e pinturas de Elise Ansel.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Canyon Point | Utah

Amanguiri, da Aman Resorts, em frente às formações rochosas típicas da região de Canyon Point nos EUA
Amanguiri, em Canyon Point | Foto: Aman Resorts (reprodução)

Canyon Point, situada no sudeste de Utah, EUA, serve como um espetacular portal para os mais aventureiros.

Enraizada na vastidão desértica, a região é cercada por uma paisagem formada por imponentes formações rochosas, profundos cânions e vistas panorâmicas.

Canyon Point é uma região onde encontramos demonstrações de como a natureza pode influenciar e inspirar o design integrativo nos EUA. Ela está pontilhada com exemplos de arquitetura contemporânea que se mesclam com a paisagem, destacando o uso de materiais naturais e técnicas de construção que minimizam o impacto ambiental.

Canyon Point é um destino que estimula a reflexão sobre o papel da arquitetura e do design no respeito e na resposta aos desafios apresentados pelo ambiente natural.

Estudantes e profissionais que visitam a região levam consigo não apenas memórias de sua estonteante beleza, mas também lições valiosas sobre a importância de projetar com consciência ambiental e respeito pelo mundo natural.

Onde ficar

arquitetura americana

Charleston

prédios de uma pacata avenida em Charleston, na Carolina do Sul - Arquitetura americana
Bairro histórico de Charleston (torre da igreja St. Michael ao fundo) | Foto: banco de imagens (reprodução)

Charleston fica no estado americano de Carolina do Sul. A cidade tem este ambiente que equilibra tranquilidade com uma vida social razoavelmente ativa, atraindo muitos estudantes e profissionais criativos.

É uma cidade repleta de história, sendo uma das mais antigas dos Estados Unidos (foi fundada em 1670). Foi nela que se deu o primeiro tiro da Guerra Civil Americana, no Forte Sumter, em 1861. Esse evento é um marco que desencadeou uma série de transformações, não apenas políticas e sociais, mas também no urbanismo e na arquitetura da cidade.

Charleston merece atenção por preservar bem seus monumentos históricos, como a Battery Promenade e Waterfront Park. Este último, com vista inacreditável para o Cooper River, serve como modelo de arquitetura que tem sensibilidade com seu entorno.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

O Mercado de Charleston, operando desde o século XVIII, é outro marco desta preservação. O espaço combina história, cultura e artesanato local.

A cidade tem uma cena artística ativa, com destaque para o Spoleto Festival USA, um evento anual de artes que atrai artistas e entusiastas de todo o mundo.

Para estudantes e profissionais de arquitetura e design, Charleston oferece uma experiência sensível de aprendizado e inspiração.

Fachada da loja Candlefish em Charleston, EUA - Arquitetura americana
Fachada da loja de velas Candlefish | Foto: Candlefish (reprodução)

Lojas interessantes em Charleston

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Chicago

Instalação Cloud Gate, no Millennium Park de Chicago. Foto de Anish Kappor. Na imagem uma escultura de nuvem prateada instalada em meio ao pavimento do parque
Instalação Cloud Gate, em Chicago | Foto: Anish Kapoor (reprodução)

Chicago fica no estado de Illinois. É conhecida por seu dinamismo como núcleo de inovação e criatividade.

Uma curiosidade sobre Chicago é que foi devastada por um terrível incêndio em 1871. Das cinzas, a cidade se tornou um laboratório vivo de arquitetura e urbanismo nos Estados Unidos. Isso levou ao nascimento da chamada “Escola de Chicago” de arquitetura, que revolucionou o design de edifícios comerciais com a introdução do esqueleto de metal, permitindo a construção dos primeiros arranha-céus.

Há vários pontos históricos que se tornaram parte da iconografia americana. O Millennium Park (com sua famosa escultura Cloud Gate) e o Art Institute of Chicago são pontos de encontro de arte, cultura e design.

A Willis Tower (anteriormente conhecida como Sears Tower) é um dos edifícios mais altos do mundo e oferece vista panorâmica para a cidade.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

A arte em Chicago não se limita aos museus e galerias. Ela se espalha pelas ruas através de murais vibrantes e instalações artísticas públicas que refletem uma riquíssima cultura urbana. Eventos como a Chicago Architecture Biennial atraem profissionais e aficionados de todo o mundo, consolidando o lugar da cidade como um centro de discussão e inovação em arquitetura.

Para aqueles interessados em explorar a intersecção entre história, arte e design urbano americano, Chicago é um destino imperdível. A cidade não só abriga exemplos emblemáticos da história da arquitetura moderna, mas também continua a ser um laboratório para o futuro do design urbano.

Onde ficar em Chicago

Lojas interessantes em Chicago

Passeios recomendados em Chicago

Onde comer em Chicago

arquitetura americana

Dallas

Fachada do Museu de artes de Dallas | Foto: DMA (reprodução)
Museu de Artes de Dallas | Foto: DMA (reprodução)

Dallas está no coração do Texas e se destaca por sua importância econômica e cultural.

Houve uma rápida transformação da pequena cidade de fronteira para uma metrópole próspera. Essa evolução transparece na diversidade arquitetônica, desde edifícios históricos bem conservados até arranha-céus futuristas que definem sua silhueta. Você duvida? Então te convido a ver esse cenário a partir de seu mais emblemático mirante, na Reunion Tower. É uma imagem difícil de esquecer.

Pontos turísticos como o Distrito de Artes de Dallas refletem o compromisso da cidade com a cultura e as artes. Este bairro, um dos maiores dos Estados Unidos, abriga instituições renomadas como o Dallas Museum of Art e o Nasher Sculpture Center.

A arte em Dallas também se estende para além dos limites tradicionais, com a cidade ostentando uma vibrante cena de arte de rua. Bairros como Deep Ellum são conhecidos por seus murais coloridos que contam histórias da comunidade e da cultura local.

Para estudantes e profissionais de arquitetura e design, Dallas oferece uma plataforma robusta para o aprendizado e a expressão criativa. Seja através de sua arquitetura audaciosa, seus espaços culturais inovadores ou sua arte pública envolvente, a cidade serve como uma fonte contínua de inspiração.

Onde ficar em Dallas:

Lojas interessantes para conhecer em Dallas:

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Denver

Denver é a capital do Colorado e une a majestade das Montanhas Rochosas com um marcante cenário urbano

A cidade é conhecida por sua atmosfera acolhedora e pela população amigável, Denver equilibra perfeitamente a vida agitada de uma grande cidade com a tranquilidade da natureza, proporcionando inspirações a partir das duas fontes de inspiração.

Interessante notar que Denver foi fundada durante a corrida do ouro no século XIX, o que contribuiu para seu rápido crescimento e desenvolvimento. Este passado histórico é visível em alguns dos distritos mais antigos da cidade, onde edifícios do final do século XIX e início do século XX foram preservados e agora abrigam uma mistura de lojas, restaurantes e galerias de arte.

Entre os principais pontos turísticos, o Denver Art Museum se destaca por sua impressionante coleção de arte nativa americana e por sua arquitetura contemporânea, exemplificada pela extensão do museu projetada pelo renomado arquiteto Daniel Libeskind. A estrutura em forma de cristal é um marco no horizonte da cidade.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

A cidade é lar do Denver Botanic Gardens, o espaço verde de Denver que se destaca por equilibrar de maneira interessante arte e meio ambiente. Este jardim botânico oferece um refúgio da vida urbana e promove um modelo de como espaços podem ser projetados para promover a biodiversidade e a sustentabilidade.

Denver também é conhecida por sua cena artística de rua, com murais e instalações de arte que refletem as diversas influências culturais da cidade. O RiNo (River North Art District) é um badalado bairro que se encaixa nesse perfil. Por ali floresce a arte contemporânea através de uma infinidade de galerias e espaços criativos.

Para aqueles no campo da arquitetura e design, Denver oferece um laboratório vivo de inovação e sustentabilidade, inspirando a integração da arte, design e natureza em projetos urbanos. A cidade serve como um lembrete de que o design pode melhorar a qualidade de vida, promovendo uma conexão mais profunda entre as pessoas e os espaços que habitam.

Passeios para fazer em Denver:

arquitetura americana

Los Angeles

Fonte e entrada da casa Hollyhock projetada por Frank Lloyd Wright em Los Angeles e ícone da arquitetura americana
Holly Hock House, projetada por Frank Lloyd Wright em LA | Foto: Hollyhock House (reprodução)

Los Angeles, frequentemente abreviada como L.A., é uma cidade que se destaca no mapa dos Estados Unidos tanto por sua indústria cinematográfica quanto pela sua rica contribuição ao mundo da arquitetura e design.

A cidade viu uma evolução rápida de uma pequena comunidade agrícola para uma das maiores cidades do mundo no início do século XX. Esse crescimento não veio aos poucos e sim em uma grande explosão de progresso.

Foi o que permitiu a experimentação arquitetônica e o desenvolvimento de estilos que marcaram o cenário mundial. Após a segunda guerra mundial, o boom urbano atraiu muita especulação imobiliária e uma demanda urgente por arquitetos. Foi nesta época que surgiu o programa Case Study House, promovido pela revista Arts and Architecture.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

O programa contratava grandes arquitetos para projetarem modelos de casas econômicas para atender essa grande demanda imobiliária e estabeleceu uma forte identidade no design.

Entre os passeios culturais para adicionar no seu roteiro está o Getty Center. Além da sua coleção de arte, o edifício tem arquitetura moderna e jardins meticulosamente planejados. Foi projetado em 1977 pelo arquiteto Richard Meier.

Seus espaços de descanso e respiro visual, bem pensados, fornecem um bom um modelo de como a arquitetura pode realçar a experiência de apreciação da arte.

Outro marco da arquitetura americana que fica em LA é o Walt Disney Concert Hall, desenhado pelo renomado arquiteto Frank Gehry. Ostenta uma fachada de aço inoxidável que parece tomar para si todo o brilho do sol californiado e é onde está instalado um importante centro cultural.

Além da arte dentro das galerias e museus, a cidade explode em instalações artísticas e cena de rua em bairros como Downtown L.A. e Venice Beach. São expressões artísticas de diversas comunidades que compõem o tecido social de Los Angeles.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Onde ficar em Los Angeles

Lojas interessantes em Los Angeles

Passeios recomendados em Los Angeles

Onde comer em Los Angeles

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Miami

Phillip and Patricia Frost Museum of Science em Miami - um dos exemplos da arquitetura moderna dos EUA
O museu Phillip & Patricia Frost tem um enorme acervo de experimentações e é ideal para passear com crianças | Foto: Phillip and Patricia Frost Museum of Science (reprodução)

Miami fica nos limites do sudeste da Flórida. É um destino turístico famoso, por suas praias e vida noturna agitada. Além de seus atrativos mais óbvios, a cidade também é centro de um movimento inovação e criatividade. É resultado um conjunto bem raro de influências culturais que se refletem no design.

A região também foi afetada pelo grande boom imobiliário da década de 1920 que afetou toda a arquitetura americana. Em Miami, a demanda por novos projetos bebeu na fonte do estilo Art Déco. O Distrito Art Déco de Miami Beach, com seus hotéis e edifícios históricos coloridos, é hoje um dos maiores conjuntos deste estilo no mundo.

Além das velhas formas, Miami também vem integrando um forte movimento de arquitetura contemporânea com projetos inovadores como o Pérez Art Museum Miami (PAMM), assinado pelos suíços Jacques Herzog e Pierre de Meuron.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

O museu é um exemplo de como a arquitetura moderna pode incorporar sustentabilidade e dialogar com o ambiente natural, oferecendo vistas espetaculares da Baía de Biscayne.

A street art de Miami explode nos murais do Wynwood. Paredes de armazéns se transformaram em telas coloridas e instalações artísticas, que faz do distrito um dos maiores museus de arte de rua ao ar livre do mundo. Wynwood Walls é um espaço dedicado que destaca os trabalhos de artistas de grafite e muralistas de renome internacional.

Miami oferece uma fascinante mistura de influências históricas e contemporâneas, servindo como um laboratório vivo para a inovação no design. Seja pela histórica arquitetura Art Déco, pelos edifícios modernos que desafiam os limites da criatividade ou pela arte de rua que colore suas ruas, Miami se estabelece como um local de encontro para a expressão cultural e criativa.

Passeios recomendados em Miami

Lojas interessantes em Miami

Onde comer em Miami

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Napa

Napa é mais conhecida como um destino mais procurado por quem quer conhecer a cultura vinícola do que pela arquitetura americana, mas tem seus atrativos.

A arquitetura e a vinicultura estabeleceram uma fina relação a partir do século XIX. Essa longa história é evidenciada nas vinícolas históricas e em edifícios restaurados que pontilham a paisagem, oferecendo um vislumbre do passado da região, ao mesmo tempo que se integram harmoniosamente com instalações modernas e sustentáveis.

Uma das principais atrações turísticas de Napa é o Oxbow Public Market. Este mercado, localizado ao longo do rio que dá nome a cidade, é um espaço onde visitantes podem conhecer produtores locais e artesãos.

Napa também é lar de exemplos notáveis de arquitetura sustentável dos EUA, como algumas das suas vinícolas contemporâneas, que incorporam práticas eco-friendly em seu design — utilizando materiais locais e integrando tecnologias verdes.

Para estudantes e profissionais de arquitetura e design interessados em sustentabilidade e design integrado à paisagem, Napa oferece uma fonte rica de inspiração. A região demonstra como a arquitetura pode complementar e realçar o ambiente natural, criando espaços que não só servem a funções práticas, mas também celebram e preservam a beleza da natureza.

Onde ficar em Napa

Onde comer em Napa

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Nova Orleans

Nova Orleans, na Louisiana, tem de tudo: música vibrante, culinária distinta e, significativamente, arquitetura carregada de identidade.

Este caldeirão cultural reflete a diversidade de influências que moldaram a cidade ao longo dos séculos, desde franceses e espanhóis até africanos e caribenhos, criando um ambiente urbano que é um festim para os sentidos de estudantes e profissionais de arquitetura e design.

Um dos fatos históricos mais marcantes sobre Nova Orleans é a sua fundação em 1718 e o subsequente desenvolvimento do Vieux Carré, ou Bairro Francês, o coração histórico da cidade. Esta área é um testemunho vivo da complexa história de Nova Orleans, com suas ruas estreitas ladeadas por edifícios históricos que exibem varandas ornamentadas e pátios escondidos, oferecendo uma cápsula do tempo da influência europeia na América do Norte.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Além do Bairro Francês, Nova Orleans é também lar do Garden District, famoso por suas impressionantes mansões anteriores à grande guerra. Sãorodeadas por jardins luxuriantes, que representam o auge da arquitetura residencial do sul dos Estados Unidos no século XIX.

Essa área destaca a riqueza arquitetônica da cidade e sua habilidade em preservar seu patrimônio.

A arquitetura de Nova Orleans não se limita ao histórico. A cidade abraça a modernidade sem perder sua essência. Projetos contemporâneos e inovadores, como o Crescent Park, adicionam uma nova dimensão à paisagem urbana, oferecendo espaços verdes revitalizados ao longo do rio Mississippi e incentivando uma conexão mais profunda com o ambiente natural.

A cena artística de Nova Orleans é tão diversificada quanto. São centenas de galerias tradicionais, murais de rua e instalações artísticas que refletem a alma incomum de Nova Orleans. Eventos como o Mardi Gras e o Jazz Fest são exemplos vivos de como a cultura local é celebrada e continua a influenciar a expressão artística na cidade.

Poucas cidades no mundo oferecem esse nível de experiência para quem busca inspiração e aprendizado no design.

Onde ficar em Nova Orleans

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Nova York

Arranha-céus de Nova York, arquitetura dos altos prédios americanos em evidência com a Estátua da Liberdade à frente
A Estátua da Liberdade e os arranha-céus de Nova York | Foto: The Empire State Building (reprodução)

Um dos aspectos históricos mais notáveis de Nova York é a construção do Empire State Building durante a Grande Depressão. A obra foi um feito de engenharia e um símbolo de resiliência. Esse arranha-céu, junto com o Chrysler Building, são exemplos primordiais da Art Déco, estilo que define uma era significativa no desenvolvimento urbano da cidade. E um estilo que marcou a arquitetura americana.

Nova York é também lar de várias inovações no design urbano. Uma delas é o Parque High Line, que transformou uma linha férrea abandonada em um espaço público verde e dá nova perspectiva sobre a interação entre espaço urbano e natureza.

O Museum of Modern Art (MoMA) e o Metropolitan Museum of Art são instituições culturais chave para qualquer roteiro cultural. O Brooklyn e suas áreas circundantes emergiram como centros de design independente e inovação e definitivamente valem sua visita.

Para aqueles interessados em arquitetura e design dos EUA, Nova York oferece um campo de estudo sem igual. A cidade desafia e redefine continuamente as fronteiras do design urbano, mantendo-se como um farol de progresso e criatividade no cenário global.

Onde ficar em Nova York:

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Lojas interessantes em Nova York:

Passeios recomendados em Nova York:

Onde comer em Nova York:

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Seattle

Conhecida por seu skyline icônico, marcado pela Space Needle, Seattle é um campo fértil para estudantes e profissionais de arquitetura e design nos EUA, oferecendo lições valiosas em sustentabilidade, design urbano e integração.

O Edifício Bullitt Center é um exemplo emblemático. Projetado para ter um impacto ambiental mínimo, ele incorpora tecnologias avançadas de economia de energia e sistemas de captação de água da chuva, servindo como um modelo.

Já a cena artística de Seattle é muito diversificada, com um forte enfoque em arte pública e instalações que enriquecem o espaço urbano. Dos passeios, o que não pode faltar no seu roteiro é o Olympic Sculpture Park, um parque de esculturas ao ar livre que oferece uma interação especial com o design urbano da cidade.

Aliás, o design urbano é muito explorado a partir da quebra de padrões. Projetos como o Seattle Central Library, desafiam as convenções de design. Bem longe do estilo das bibliotecas tradicionais, a Central Library tem estrutura geométrica única e uso inovador do espaço.

Para aqueles no campo da arquitetura e design, Seattle oferece uma ampla gama de inspirações, desde edifícios históricos e projetos de sustentabilidade até intervenções artísticas urbanas.

Passeios recomendados em Seattle:

Viaje conectado - Chips recomendados para internet livre na Europa

Southampton

Hall de meditação o hotel Shou Sugi Ba em Southampton - EUA
Hall de meditação do Shou Sugi de Southampton | Foto: Shou Sugi Ban Hotel (reprodução)

Southampton, situada na pitoresca região dos Hamptons, no estado de Nova York, é uma cidade que exemplifica o charme e a sofisticação da costa leste americana.

É um destino que combina praias, residências luxuosas e uma forte cena cultural,.

Southampton foi uma das primeiras cidades inglesas estabelecidas nos Estados Unidos, com fundação no século XVII. Essa rica história é refletida na arquitetura colonial e nos edifícios históricos bem preservados que definem a cidade. São janela para observadores atentos nesta intersecção entre história, arquitetura e design nos Estados Unidos.

Suas residências, muitas das quais datam da “Era Dourada” no final do século XIX e início do século XX, refletem a opulência da época.

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Além da arquitetura residencial, Southampton é um centro para as artes, abrigando várias galerias e espaços culturais que celebram tanto talentos locais quanto internacionais. O Parrish Art Museum merece sua atenção, pois aqui a arquitetura moderna contrasta e se complementa em uma combinação bem singular o cenário natural com o histórico de Southampton.

O museu oferece uma plataforma para exposições de arte contemporânea, além de programas educacionais que exploram a interseção entre arte, design e comunidade nos EUA.

A cidade serve como um lembrete inspirador da importância da preservação histórica, do design cuidadoso e da contribuição das artes para enriquecer o tecido social e cultural de uma comunidade.

Onde ficar em Southampton

Lojas interessantes em Southampton

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Tucson

Conhecida por suas raízes profundas no Oeste Americano, Tucson é um fascinante estudo de arquitetura americana vernacular, especialmente aqueles interessados na interseção entre design sustentável, preservação cultural e integração com o ambiente desértico.

Um aspecto histórico notável de Tucson é seu status como uma das cidades mais antigas continuamente habitadas dos Estados Unidos, com assentamentos datando de milhares de anos.

São séculos de história. No distrito Histórico de El Presidio, no centro da cidade, estruturas do século XIX coexistem com edifícios modernos e permitem observar parte do avanço tecnológico pela cidade.

Tucson é especialmente reconhecida por sua arquitetura que incorpora elementos do design adobe tradicional, adaptados para o clima árido e as condições ambientais.

Onde ficar em Tucson

PUBLICIDADE

FIM DA PUBLICIDADE

Conheça o mundo pelo olhar da Dona Arquiteta

Este foi um guia por todas as cidades e regiões americanas mapeadas no nosso radar. O Dona Arquiteta está desde 2012 rastreando lojas, museus, estúdios, passeios, hotéis, restaurantes e todo tipo de lugares interessantes para quem ama design e arquitetura.

Se você quer conhecer mais do nosso conteúdo, confira nosso site e nos siga nas Instagramonde novos conteúdos são publicados todos os dias!

E se acha que devemos incluir uma nova cidade ou região no nosso mapa, comenta aqui em baixo!

REFERÊNCIAS

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top